Aladilce cobra reparos técnicos em site de recadastramento do SUS

“A data foi prorrogada, e o sistema continua continua repleto de falhas técnicas”, avalia a vereadora Aladilce (PCdoB) sobre o site do recadastramento do SUS. Em suas redes sociais, a também Ouvidora da Câmara Municipal pediu que as pessoas relatassem os problemas enfrentados ao tentarem o recadastramento, e houve muitos comentários negativos.

“A população tem gastado horas tentando se recadastrar, porque lidam com os a infinidade de adversidades técnicas”, comenta a edil. “Recebemos comentários sobre erros no nome de mãe ou pai, o não reconhecimento do número de telefone, quantidade de caracteres limitados para escrever os nome completos, informações que não conseguem ser salvas, e até mesmo relatos de que o site não abre”, elencou.

Aladilce vem acompanhando o recadastramento, por meio da Ouvidoria da Câmara, órgão que foi um dos pioneiros a cobrar a prorrogação do prazo inicial. “A Prefeitura teve uma falha dupla: primeiro em não avisar à população com antecedência, causando pânico e aglomerações nas portas das unidades de saúde; segundo, em não promover uma plataforma online com os requisitos para possibilitar uma inscrição efetiva, já que são vários problemas técnicos listados”, critica.

“Vamos encaminhar outros ofícios cobrando reparos técnicos com urgência para que a população consiga efetuar o cadastro”, explica a vereadora, que ainda ressalta a importância de se discutir mais sobre o tema. “A Prefeitura ainda não deixou claro que o SUS não pode negar atendimento a ninguém, e as pessoas estão inseguras quanto a isso. Precisamos discutir amplamente o objetivo desse cadastramento para que não tenhamos retrocesso na saúde”, finaliza.

Categorias: Noticias

Comentários estão fechados