‘Oremos. Paciência e fé’, pede Mandetta depois de saída de Teich

O ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta manifestou temor com a substituição do ministro Nelson Teich, anunciada nesta sexta (15). O nome cotado para assumir a pasta é o general Eduardo Pazarello no Ministério da Saúde. É a segunda troca do comando do Ministério da Saúde feito por Jair Bolsonaro em pouco mais de um mês.

Na conta no Twitter, Mandetta afirmou de forma direta que é preciso ter “paciência” e “fé”. Ele também falou em oração e fez referência à ciência.

A saída de Mandetta e Teich tem relação com discordâncias de Bolsonaro sobre as medidas de isolamento social e o uso do hidroxicloroquina para o tratamento de pacientes graves da COVID-19. O presidente insiste em posições que contrariam à ciência e a Organização Mundial da Saúde (OMS). (EM)

Categorias: Destaque

Comentários estão fechados